Nónioblog

quinta-feira, fevereiro 02, 2006

Apito Dourado: quem prende o Procurador?

















Acabei de ler o comunicado da PGR sobre a acusação do Apito Dourado e posso cuncluir:

1. Que o Procurador de Gondomar andou 3 anos (ele e mais 20 e mais não sei quantos PJ) a investigar 81 casos que não lhe competiam territorialmente.

2. Que o Procurador de Gondomar andou 3 anos (ele e mais 20 e mais não sei quantos PJ) a investigar 127 crimes que... não eram crime.

3. Que, depois de gastar milhões ao Estado, e de ter furado uma greve (ele é sindicalista!!), apenas conseguiu acusar uns tipos porreiros de terem feito exactamente o que todos os outros procuram: ajudar o clube da sua terra.

4. Que em Portugal devemos ser todos uns santinhos. Não há roubos, violações de crianças, crime económico à séria, homicídios ou corruptos de verdade para investigar. Se houvesse, não haveria tempo para brincar aos quintais.

Pergunto-me finalmente:
Quem prende este Procurador de Gondomar, chamado Carlos Teixeira?